Em encontro nesta segunda-feira (03/04) com o secretário de Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e Combate à Fome de Fortaleza, Elpídio Nogueira, a vereadora Eliana Gomes pautou a situação dos equipamentos públicos de algumas comunidades da Capital, como o Centro Comunitário Ingrid Mayara, no Bairro Ellery, que realiza capacitação profissional com o apoio do Poder Público Municipal.

A parlamentar também manifestou a sua opinião sobre o funcionamento dos espaços de atenção à mulher do município, como o Centro se Referência Francisca Clotilde.

Conforme Eliana, é necessário manter os equipamentos municipais que trabalham a defesa do gênero feminino funcionando, mesmo com abertura da Casa da Mulher Brasileira, que será gerido pelo Governo do Estado. O fato é que há a possibilidade de todos estes espaços sejam direcionados para o prédio da Casa. Sendo assim, o que seria um aumento da rede de atenção à mulher se tornaria um reagrupamento. O mesmo valeria para as unidades do estaduais.

O secretário mostrou preocupação com a situação e disse que construirá diálogo sobre a questão das mulheres.

Por outro lado, Elpídio salientou que unidades da Secretaria, como a Fundação da Criança e Família Cidadã (Funci) e os centros de referência voltarão a funcionar no Parque da Liberdade, no Centro, onde já funcionam as coordenadorias da Mulher, de Igualdade Racial e de LGBTs.

O gestor de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos prometeu ainda que está organizando todas as unidades de defesa dos direitos fundamentais e proteção social. Ele destacou que colocará para funcionar um CRAS – Centro de Referência de Assistência Social – no Pirambu, uma grande demanda da comunidade.