Novos desafios

  • Lutar pela ampliação dos recursos municipais, estaduais e federais destinados à habitação popular, como o Programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV);
  • Buscar ampliar o Programa Aluguel Social em Fortaleza;
  • Propor a criação do Programa Municipal de Melhorias Habitacionais em conjunto com o Governo do Estado, institucionalizando e ampliando as medidas já existentes;
  • Garantir que o legislativo e o executivo tornem Lei o processo de sorteio do MCMV, para dar transparência na escolha dos beneficiários de habitação popular;
  • Propor políticas públicas de estimulo ao empreendedorismo nos Conjuntos Habitacionais;
  • Fortalecer a Política Municipal de Defesa do Consumidor, favorecendo essa iniciativa para as classes de menor poder aquisitivo;
    Batalhar pela ampliação da política de urbanização de favelas e comunidades, ampliando a oferta de equipamentos públicos para regiões ainda carentes de serviços municipais;
  • Lutar pela instituição de medidas que venham fortalecer o combate à violência contra mulher, inibindo mazelas como o feminicídio;
    Propor a criação de uma política municipal sobre drogas, com vistas a atuar na prevenção do uso indevido, na atenção e na reinserção social de usuários e dependentes químicos;
  • Dar continuidade à luta pelo direito à cidade, observando o cumprimento do Estatuto da Cidade e lutando pela ampliação da participação popular no planejamento urbano de Fortaleza;
  • Buscar a criação da Política Municipal de Regularização Fundiária, assegurando o direito à posse definitiva de moradias populares;
  • Lutar perlo fortalecimento e ampliação das políticas públicas municipais para as mulheres, as juventudes, as crianças e os adolescentes, as pessoas com deficiência, a comunidade LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais) e negros (as);
  • Resistir no legislativo municipal, nas mobilizações populares, ruas e redes a qualquer golpe contra as conquistas e direitos sociais do povo trabalhador;
  • Apresentar propostas para ampliar a regionalização dos projetos culturais do município, colocando as manifestações artísticas e culturais mais ao alcance do povo que vive nas periferias da cidade;
  • Lutar pela ampliação do horário de atendimento das creches em Fortaleza;
  • Defender a revitalização de espaços públicos degradados e a requalificação de áreas urbanas, tendo em vista a preservação do patrimônio cultural, histórico e ambiental, a ampliação da mobilidade urbana e das opções de esporte e lazer;
  • Propor medidas de apoio a projetos que promovam a comunicação popular e alternativa nas comunidades de Fortaleza.