A vereadora Eliana Gomes marcou presença na inauguração do Centro Cultural Belchior, realizada na última quinta-feira (18/05). O equipamento, localizado na Praia de Iracema, é uma homenagem ao músico cearense, que além de uma importante referência para a música brasileira, foi também um amante das artes plásticas.

Vereadora Eliana Gomes, prefeito Roberto Cláudio e a também vereadora Marília do Posto

De acordo com o prefeito Roberto Cláudio, o Centro Cultural Belchior vai promover diversas formas de cultura na cidade. “Este espaço é um novo equipamento do Município para uma programação cultural rotineira, que valoriza as artes plásticas, fotografia, literatura e performances artísticas. Queremos ocupar novamente a Praia de Iracema, com programações culturais, esportivas e, com isso, mudar o plano de ocupação deste local, que se mistura com a história da cidade”, comentou o Prefeito.

O Centro, construído em um dos principais cartões postais da Cidade, possui aproximadamente 850m², divididos entre um auditório, salas e galerias para exposição, biblioteca, café, sala de reunião, administração, banheiros – sendo feminino, masculino e para pessoas com mobilidade reduzida -, e plataforma elevatória para cadeirantes, além de área de uso comum, no pavimento superior, de onde é possível contemplar o mar.

A Secretaria Regional II coordenou as obras do equipamento que, após a entrega oficial, será administrado pela Secretaria de Cultura de Fortaleza (Secultfor). “O novo centro cultural é mais uma etapa para a requalificação da Praia de Iracema. Recentemente entregamos o Estoril e o Passeio das Artes e queremos resgatar a vocação boêmia do bairro, atrair visitantes e ampliar a sensação de segurança na área”, comentou Ferruccio Feitosa, titular da Secretaria Regional II.

O secretário da Cultura de Fortaleza, Evaldo Lima, destacou que o Centro receberá diversas atividades voltadas para levar mais cultura aos fortalezenses. “Cada espaço do Centro homenageia o Belchior, com suas músicas, como o auditório A Palo Seco, a Galeria Fotografia 3×4 e a Sala Mucuripe. Além disso, a Secultfor vai lançar uma programação para este equipamento. Vamos trazer arte, fotografia e música”, ressalta.

Projeto de Lei que dá nome ao espaço é de Eliana Gomes

Eliana, o secretário de Cultura Evaldo Lima e Marília do Posto

Atendendo solicitação da Prefeitura, Eliana Gomes apresentou, na última segunda-feira (15/05), na Câmara Municipal, projeto que institui o Centro Cultural Belchior. A medida legislativa está tramitando, neste momento, na Comissão de Cultura.

“Fico feliz de fazer parte desta homenagem ao Belchior, de alguma forma, pois as canções dele deixam a vida melhor que o sonho. Que homem ou mulher do povo não se sentiu representado na sua obra?! Quem não refletiu na balada musical deste cearense de fibra?! Os versos de resistência de 40 anos atrás embalaram gerações, e hoje parecem mais atuais que nunca. Nesta conjuntura, somos a rebeldia e a crítica da música de Belchior. Será eterno em sua obra”, disse Eliana Gomes.

 

Acervo em exposição no Centro Cultural Belchior.