Conforme a última Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes de Fortaleza, relatoriada pela vereadora Eliana Gomes (PCdoB), a Barra do Ceará é uma das áreas da cidade onde mais se concentram casos de violência desta natureza.

Sendo assim, a parlamentar convocou os executivos municipais e estadual, assim como Poder Judiciário e outros órgãos, a debate que vai ocorrer nesta quinta-feira (19), às 8h30, na Paróquia São Pedro, que fica na Rua Alameda Jaime Augusto s/n (próximo ao Colégio Estado de Alagoas) junto a moradores da região. O encontro pretende reunir ainda organizações de defesa dos direitos de crianças e adolescentes.

Na pauta da conversa, a prerrogativa de implementação, de uma vez por todas, das recomendações da CPI, que enumera uma série de propostas cujo foco é exterminar esta problemática.

O documento da Câmara Municipal apontou, em 2011, que Fortaleza tinha 74 pontos de exploração sexual de crianças e adolescentes. São calçadas, esquinas e bares na Barra do Ceará, por exemplo. Locais em que meninas e meninos são levados a vender seus corpos em programas que variam entre R$ 20 e 150. Ainda área tema da reunião, foram registrados casos de violência extrema, com crianças de até 8 anos nesta situação.

Serviço:

Debate sobre a exploração sexual de crianças e adolescentes na Barra do Ceará

Quinta-feira (19/10), às 8h30

Local: Paróquia São Pedro na Barra do Ceará e fica na Rua Alameda Jaime Augusto s/n, próximo ao Colégio Estado de Alagoas.